domingo, 1 de maio de 2011

Silveira assina com DaHui



O Bodyboarder pernambucano Adriano Silveira, freesurf e realizador do Noronha Ambiental, está devolta as competições em 2011. Depois de sua quinta colocação em Fernando de Noronha, o atleta assina contrato com a famosa marca havaiana DaHui.
Tento como tradição o surf, a marca entra forte no Bodyboard e reconhece o esporte como um amplo mercado para seus produtos.

Adriano, que vai para a 1ª etapa do GQS no Peru e logo depois para etapa do Chile, se mostra muito motivado para o circuito mundial e pretende ainda competir as etapas do México, sem falar nas etapas européias e de Campos – RJ. Ele busca sua classificação para o GSS 2012, com isso o atleta passa a ser um novo reforço brasileiro em competições internacionais

O que espera para o bodyboard nesses próximos anos, que antecedem a Copa do Mundo e as Olimpiadas no Brasil?

Acredito que estamos passando por um momento muito positivo, com isto teremos mais investimentos no esporte e grande desenvolvimento do profissionalismo do Bodyboard no Brasil. As marcas que antes não investiam no esporte hoje se sentem motivadas a entrar no mesmo por conta do custo beneficio e valor agregado oferecido.

Quais os planos para esse ano e 2012? Viagens, competições, projetos,… diz ae.

Para esse ano pretendo competir as etapas do circuito mundial GQS Iba World Tour e representar da melhor maneira a família DaHui, da qual acabo de fazer parte e continuar buscando novos horizontes para o Ambiental Bodyboard Pro.
Já em 2012, além de me consolidar na marca, fazer do Noronha Ambiental Bodyboard Pro, junto do Giu Lara, uma etapa do GSS.

E agora, freestyle ou competidor?
Com certeza vou unir os dois estilos, pois entro para o tour sem a responsabilidade de ter que fazer resultados, buscando novas experiências e muitas imagens.

Você, como idealizador do Noronha Ambiental, tem uma preocupação muito grande com a responsabilidade individual e a união dos praticantes em defesa da causa “Planeta”. Como vive esse respeito pelo meio ambiente e como tenta passar isso como atleta?

Quando estou no mar entre toda a beleza e grandiosidade da natureza percebo quanto nos somos pequenos e cheios de ambições. Acho que o surfista em geral tira o seu sustento dos recursos naturais e muitas vezes não da nada em troca e é uma realidade que nos devemos mudar.

Deixe umas palavras pra galera.

Você pode fazer tudo basta ter muita determinação, foco, humildade e seriedade.
Grande abraço e boas ondas a todos, aloha!!!

4 comentários:

maria lima disse...

Eu gostei muito do seu comentario quando voce se refere a Naturesa quendo se trata do mar para mim foi a coisa entre tantas criadas por DEUS uma das mais lindas va emfrente voce tem muito talento

joao carlos trajano de lucena disse...

Tá D+

joao carlos trajano de lucena disse...

Tá D+

joao carlos trajano de lucena disse...

Tá D+